shutterstock_403904227

Tutu de bailarina: Sucesso entre as crianças

O tutu é uma peça onipresente no imaginário das crianças. Nascido no universo das bailarinas, ganhou uma cara rock’n’roll nas releituras de Courtney Love e Avril Lavigne. Encantou o público da pequena skatista Rayssa Leal, que se veste de fadinha para fazer manobras radicais pelas ruas do Maranhão. Quer saber mais sobre essa peça versátil? Conheça a história do tutu de bailarina e aproveite minhas dicas de como você pode trazê-lo para as suas produções de roupas infantis!

Palcos e camadas de tule: conheça a história do tutu de bailarina

Internet1
TUTU DU MONDE – Linda marca Australiana que se inspira no ballet francês

O tutu de bailarina surgiu em 1832, quando Marie Taglioni usou um corpete apertado com uma saia de diversas camadas de gaze branca, que se alongava até o joelho, para interpretar La Sylphide.

Na virada do século XX, o figurino de balé ganhou a influência liberal do coreógrafo Michel Fokine, e os tutus que iam abaixo dos joelhos, modelo hoje conhecido como tutu romântico, encurtaram, melhorando a mobilidade para os movimentos dos dançarinos. A bailarina Isadora Duncan se tornou responsável por libertar as bailarinas dos corsets e introduzir uma silhueta mais natural nos palcos.

Na década de 90, designers trouxeram elementos do balé para as passarelas. Na Chanel, modelos desfilavam com elegantes sapatilhas presas por laços. Em 2010, o filme “Cisne Negro” trouxe o balé para o mundo pop e as irmãs estilistas da grife nova-iorquina Rodarte se tornam célebres pelo figurino da obra. A silhueta de bailarina é uma marca na grife, que ganhou um papel maior na semana de moda de Nova Iorque depois da produção do cinema.

Como você deve usar a saia de tule nas produções de roupas infantis

Internet3
Benetton Kids – SS16

A saia de tule mini pode ganhar um ar mais glamouroso dependendo do que você escolher para combinar. T-shirts básicas levam o tutu da sua pequena dançarina para o dia a dia. Já uma jaqueta jeans ou bomber, com brilhos e patches divertidos, tornam a produção ousada. Para não deixar a influência grunge dos anos 90 de lado, você pode combinar o tutu com moletons surradinhos ou camisas xadrez em flanela. Este modelo de tutu fica mais divertido com um pouco mais de volume, mas se a ocasião pede uma silhueta mais clássica, escolha um tule de boa qualidade. Nos pés, a sapatilha com polainas faz ainda mais referências ao balé, mas as botas tornam a produção bem rock’n’roll!

Internet4
Dimensione Danza – Marca Italiana inspirada na dança

A saia de tule midi tem um ar mais clássico e elegante, e fica mais bonita em crianças um pouco mais crescidas. A camisa jeans quebra a seriedade do comprimento midi e, nessas ocasiões, abuse dos acessórios divertidos! Para eventos mais formais, combine o tutu midi com blusas em renda ou bordadas.

O tutu longo é para quem quer fugir do óbvio, e cria um belo efeito no look das crianças, especialmente em tons vivos. Apenas tenha o cuidado para o comprimento não chegar ao chão, evitando que a criança caia ao andar! O tule longo vai bem com sapatilhas, mas a cantora Lily Allen já provou que silhuetas românticas ficam bem divertidas com tênis esportivos. Aproveite a volta dos sneakers brancos e torne o dia dos pequenos ainda mais especial!

Internet6
TUTU DU MONDE

Além disso, o tutu também é uma ótima opção para a composição de fantasias infantis!

Vale o lembrete: não é porque o look remete ao mundo das bailarinas que os cabelos precisam ficar arrumadinhos ou presos em um coque. A blogueira Maureen Powell já deixou bem claro como os cabelos afro vão bem com o movimento da saia de tule. Aliás, as filhas de Powell são um ótimo exemplo de como usar o tule com classe no dia a dia. Quem tem os cabelos ondulados ou cacheados pode abusar da textura messy e das trancinhas!

Internet2
TUTU DU MONDE

 

Aprendeu por que o tutu de bailarina faz sucesso entre as crianças? Se você tem dúvidas ou outras sugestões para as produções de roupas infantis, comente aqui!

Imagem: Rayssa Leal. Fonte: http://glo.bo/1igKltV

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *